29 de abr de 2010

TECNOLOGIA EM SISTEMAS AERONÁUTICOS - MODALIDADE MECÂNICA E MANUTENÇÃO

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO

Cuida da manutenção de equipamentos aeronáuticos, realizando inspeções e reparos.
Instala, testa e faz a manutenção de sistemas, mecanismos e componentes de aeronaves.
Identifica problemas técnicos e operacionais e cuida da solução dos mesmos.
Faz a avaliação em vários tipos de motores de aviação, tais como hélices, rotores, grupos motopropulsores, sistemas de pressurização, células de aeronaves e outros.
Elabora o planejamento operacional e a documentação técnica.
Realiza avaliação do impacto das atividades aeronáuticas no contexto social e ambiental.
Efetua o controle de assinaturas recebimento de diretrizes da navegabilidade das aeronaves e boletins de serviços.
Faz a avaliação da viabilidade econômica da implantação de novas técnicas de manutenção e uso de novos equipamentos.
Mantêm atualizadas as fichas de inspeção relativas aos planos de manutenção das aeronaves.
Supervisiona todas as atividades de manutenção de aeronaves.

CAMPOS DE ARUAÇÃO PROFISSIONAL

Aeroportos, empresas de manutenção aeronáutica e companhias aéreas.

27 de abr de 2010

TÉCNICO JURÍDICO

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

È o profissional que cumpre determinações legais atribuídas aos cartórios oficiais e extrajudiciais.
Lavra atas, faz autuações processos e procede aos registros cabíveis.
Cuida da expedição de mandatos, traslados, cartas precatórias e rogatórias e certidões.
Responsabiliza-se pelo gerenciamento de arquivos de processos e documentos judiciários em geral.
Realiza diligências para citações, intimações, prisões e penhoras.
Atende ao público redigindo procurações, fazendo autenticações de documentos.
Participa de audiências, pode ainda supervisionar equipes de serventuários.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL

Cartórios oficiais, judiciais e escritórios de advocacia.

24 de abr de 2010

FÍSICA BIOLÓGICA

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO

Estuda os processos físicos que controlam os organismos vivos.
A partir de construção de modelos estuda a complexa rede de interações da matéria viva, procura aperfeiçoar os potenciais que determinam a associação e organização das estruturas microscópicas e macroestruturas que realizam as mais diversas funções biológicas nos organismos vivos.
Estuda os problemas que envolvem os mecanismos da ação de moléculas biológicas como proteínas, ácidos nucléicos, carboidratos e lipídios e suas interrelações com o meio onde desempenham suas funções.
Pesquisa e desenvolve novos mecanismos físicos que permitam entender como os processos de interação microscópicos levam a formação de macroestruturas organizadas e com função biológica.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL

Laboratórios de pesquisas biotecnológicas, indústrias farmacêuticas, institutos de pesquisas e instituições de ensino, entre outras.

21 de abr de 2010

GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO

O Tecnólogo em Recursos Humanos planeja, desenvolve e gerencia os processos de gestão de pessoas.
Elabora planos para recrutamento, seleção, treinamento e avaliação de pessoas, estudos de cargos e salários.
Desenvolve programas de rotinas de pessoal, benefícios, gestão de carreiras e sistemas de informação em recursos humanos.
Promove o desenvolvimento de competências relacionadas ao comportamento individual (motivação) e de grupo (negociação, liderança, poder e conflitos) e organizacional (cultura, estrutura e tecnologias), utilizando os dados obtidos nos processos de elaboração de planejamento estratégico, programas de qualidade de vido do trabalho e avaliação do clima organizacional.
Faz o gerenciamento de pessoas de forma a integrar os setores da empresa.
Realiza a avaliação da necessidade de contratação de novos funcionários, o manejo do quadro de colaboradores com a finalidade de garantir a viabilidade do processo produtivo da empresa.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL
Empresas industriais, comerciais, de prestação de serviços, entre outras.

19 de abr de 2010

TÉCNICO EM AUTOMOBILÍSTICA

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES
Pode atuar na indústria de autopeças, montadoras de veículos, oficinas mecânicas, no planejamento, supervisão e desenvolvimento de processos de produção, reparação, recondicionamento, manutenção, inspeção e testes de veículos automotores.
Elabora diagnósticos e programas de manutenção, verifica e cadastra peças e ferramentas.
Realiza testes e elabora os relatórios técnicos.

CAMPO DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL
Indústrias e concessionárias de veículos, oficinas de reparos, empresas de transportes, locadoras e retíficas.

15 de abr de 2010

PRODUÇÃO EDITORIAL

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO

Desenvolve produtos, tais como impressos de comunicação (jornais, revistas,livros, catálogos, folhetos), eletrônicos e digitais (vídeos, CDs, DVDs e páginas para a internet).
Analisa e decide se o produto de comunicação atende aos interesses comerciais da editora e do consumidor.
Escolhe e aprova as obras literárias a serem editadas, o conteúdo de revistas, periódicos e sites.
Seleciona o material a ser publicado, faz o planejamento gráfico para conteúdos textuais, escolhe as ilustrações.
Faz o contato com autores, consultores, colaboradores, técnicos em gravação e impressão.
Em conjunto com o autor estuda as condições comerciais do contrato.
Cuida da disposição dos textos nas páginas (diagramação).
Prepara os originais utilizando a informática ou técnicas tradicionais.
Define capas, cores, ilustrações e qualidade do material a ser utilizado.
Acompanha, coordena e supervisiona o processo de tradução, composição, edição de revistas, impressão de livros e publicações diversas.
Estuda a viabilidade econômica, decide sobre a tiragem, periodicidade, época de lançamento e distribuição de publicações.
Gerencia projetos editoriais desde a concepção da idéia até o produto final.


CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL

Editoras, livraria, agências de publicidade e propaganda, escritórios de consultoria e assessoria de produtoras de filmes, gravadoras de discos e audiovisuais, empresas jornalísticas, instituições científicas e de pesquisas, empresas de difusão artística e cultural, emissoras de rádio e televisão, indústrias gráficas.


CURRÍCULO MÍNIMO DO CURSO:

Matérias Básicas: Filosofia, Sociologia (Geral e da Comunicação), Língua Portuguesa (Redação e Expressão Oral), Realidade Sócio Econômica e Política Brasileira, Teoria da Comunicação, Comunicação Comprada, Educação Física.

Matérias de Formação Profissional: Língua Portuguesa (Redação), Editoração, Fotografia, Indústria Editorial, Técnicas de Documentação na Indústria Editorial, Mercadologia, Comunicação Visual, Cálculo de Custos, Matérias Primas, Legislação e Ética da Indústria Editorial.

Matérias Optativas: A Faculdade escolhe três dentre as seguintes: Lógica, Psicologia, Língua Estrangeira, Economia, Geografia Econômica e Política Regional, Teoria Geral de Sistemas, Teoria Política, Teoria e Método de Pesquisa em Comunicação, Sistemas Internacionais de Comunicação, Política de Comunicação, Comunicação em Tecnologia Educacional, Realidade Regional em Comunicação, História da Comunicação, Cultura Brasileira, História da Arte, Antropologia Cultural, História do Brasil, Estética e Cultura de Massa.

Estágio: Obrigatório e Supervisionado.

Duração do Curso: 4 anos.

12 de abr de 2010

TÉCNICO EM CERVEJARIA

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO

Controla, coordena e supervisiona as atividades de unidade industrial da fabricação de cervejas desde a moagem do malte, a maceração, filtração, fervura, decantação e resfriamento do mostro à fermentação, maturação, filtração e envasamento do produto.
Participa da execução do controle físico, químico e microbiológico das indústrias cervejeiras.
Monitora as atividades da equipe de produção.
Controla os parâmetros pré estabelecidos do processo produtivo, cuida do controle de qualidade das matérias primas e do produto final.
Realiza análises químicas, biológicas e sensoriais no controle das matérias primas e aditivos empregados na produção da cerveja e no tratamento do produto final.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL
Indústrias de fabricação de cervejas e microcervejarias, estabelecimentos de comercialização de cervejas

9 de abr de 2010

TÉCNICO EM LOGÍSTICA

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO
Planeja, opera e controla a programação da produção de bens e serviços.
Elabora programas de manutenção de máquinas e equipamentos, de compras, recebimento e armazenamento de matéria prima e da produção.
Cuida da expedição e distribuição de materiais e produtos, utilizando tecnologia da informação.
Supervisiona e orienta o pessoal de operação.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL
Empresas automobilísticas, mecânicas, metalúrgicas, siderúrgicas, alimentícias, químicas, petroquímicas, comércio e empresas de consultoria entre outras.

6 de abr de 2010

TÉCNICO EM EVENTOS

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO
Participa do planejamento, organização,coordenação de eventos.
Executa serviços de apoio técnico e logístico de eventos e cerimoniais, utilizando o protocolo e etiqueta formal.
Cuida dos processos administrativos e operacionais relativos a eventos.
Realiza os serviços de recepção e promoção de eventos.
Planeja e participa da confecção de ornamentos decorativos.
Coordena o armazenamento e manuseio de gêneros alimentícios servidos.
Coordena o pessoal operacional.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL
Empresas organizadoras de eventos, centos de convenções, hotéis, parques de exposições, empresas prestadoras de serviços para eventos, órgãos públicos, hotéis, restaurantes, bufê e cruzeiros marítimos.

2 de abr de 2010

O QUE ESTÁ ACONTECENDO NA EDUCAÇÃO

Desde ontem tenho pensado muito nos rumos que a educação brasileira está tomando, isto me preocupa e muito.
O Conae (Conferência Nacional de Educação) definiu que a criação de cotas raciais nas universidades públicas é prioridade, definiu também que os livros didáticos terão que incluir a temática LGBT.
Em São Paulo a Apeoesp que é o Sindicado de profissionais da educação está incitando uma greve dos professores puramente política, já declarado pela presidente, a Bebel, que é para derrubar o Governador José Serra com o intuito de eleger Dilma Roussef, felizmente o número de professores que aderiram essa greve é bem pequeno, embora o sindicato diga que é a maioria na verdade não chega a 3% dos professores.
Eles estão reivindicando aumento de salário, derrubar a lei que não permite a falta de professores sem justificativa e o aumento por mérito.
O ENEM e o ENADE este ano foram um verdadeiro fiasco atrapalhando muito a vida dos estudantes, dando um prejuízo que jamais será recuperado.
O Ministro da Educação Fernando Haddad quis fazer algo que o MEC e o INEP ao tem estrutura para realizar e mudando inteiramente o caráter do ENEM.
Bem vamos analisar isso tudo por partes.
O ENEM foi criado no governo do Presidente Fernando Henrique Cardoso, pelo então Ministro da Educação Paulo Renato de Souza com o objetivo de avaliar o Ensino Médio as universidades que desejassem poderiam utilizar a nota do ENEM para ajudar na nota do Vestibular. O resultado do ENEM servira para avaliar a qualidade do ensino e criar políticas para melhoria, cursos de reciclagem e capacitação para os professores.
O ENEM não teria o papel de selecionar os alunos para os cursos superiores das universidades públicas.
Pode ter esse papel sim, porém, tendo uma estrutura para isto ou deixar que as universidades utilizem a nota do ENEM como julgarem melhor.
Embora muita gente acredite que esta forma dá maior chance aos estudantes menos favorecidos não é verdade, são aprovados aqueles que tem as melhores notas, que passariam no vestibular qualquer que fosse o critério utilizado, ou seja, entra na universidade aquele que mais estuda independente do tipo de escola que freqüenta.
Quanto à questão da greve dos professores da escola estaduais de São Paulo e as reivindicações.
Qualquer profissional de qualquer área só tem promoção por mérito e aumento de salário, fora o da categoria, também por mérito porque com os professores não pode ser assim? Será que a dona Bebel sabe me responder.
Até a pouco tempo atrás os professores faltavam e não tinham a falta descontada quando excediam demais o número de faltas compravam atestado em farmácia, preenchiam e entregavam na escola para ter a falta abonada.
Vocês conhecem alguma categoria de profissionais que podem faltar no trabalho e tem a falta abonada sem justificativa? Eu não conheço nenhuma, aliás, o profissional que falta ao trabalho sem justificativa é demitido do emprego.
A educação não deve e nem pode ser usada como política partidária como está fazendo a atual presidente da Apeoesp, a lei não permite sindicato em campanha eleitoral e a presidente da Apeoesp está claramente utilizando de seu cargo para a campanha eleitoral da Senhora Dilma Roussef.
Quanto às decisões do CONAE a meu ver essas cotas raciais são a melhor forma de aumentar o preconceito, já está mais que provado cientificamente que não existe raça, há somente a raça humana, além disso, as universidades públicas são pagas por todos independente da classe social, cor, sexo, religião, etc. então, deve ser disputada da mesma forma por todos e serem aprovados aqueles que mostrarem melhor desempenho.
O único tipo de cotas que acho aceitável, em parte, é a de classe social porque nas escolas públicas estudam alunos brancos, negros, índios, amarelos. Neste caso seria mais justo que o sistema de cotas por raça.
Para mim o governo ao adotar o sistema de cotas está reconhecendo que a educação pública é ruim e que não fará nada para melhorar.
Outra decisão do Conae também bastante polêmica é a de os livros didáticos incluírem a temática LGBT.
Oras bolas os homosexuais querem ser respeitados ou querem obrigar as pessoas a respeitá-los. Não tenho nada contra os homosexuais, mas, está havendo um exagero ao se tratar do tema.
A educação tem ainda muita coisa a ser pensada antes de incluir tais temas nos livros didáticos, como por exemplo, cidadania, sociologia, psicologia, principalmente a qualidade do ensino, condições das escolas, capacitação de professores, orientação vocacional, a educação sexual que ainda está engatinhando nas escolas quanto tem, enfim há muitos outros temas de grande importância para ser pensado.