22 de abr de 2009

MEDICINA

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

As atividades do Médico estão ligadas a aspectos assistenciais porque seu trabalho consiste em conservar ou recuperar a saúde das pessoas.
Entrevista os pacientes sobre seus sintomas, solicita exames laboratoriais e complementares para realizar o diagnóstico e prescrever o tratamento adequado.
Diagnostica e trata doenças dos aparelhos respiratório, circulatório, digestivo, ósseo-muscular, dos aparelhos digitais masculino e femininos. Trata pacientes portadores de distúrbios glandulares,lesões e distúrbios do sistema nervoso, doenças da visão, ouvido nariz e garganta.
Cuida de mulheres em estado de gravidez e parto e na orientação do desenvolvimento do recém-nascido.
Dedica-se a cirurgia fazendo intervenções no corpo humano a fim de eliminar o problema causador da doença e restabelecer a saúde.
Pode dedicar-se ao estudo e pesquisa dentro da área médica sobre as enfermidades e transtornos que prejudicam o organismo humano com o objetivo de:
- determinar a natureza e a causa;
- observar as manifestações;
- decidir os métodos de tratamento;
- avaliar os resultados.
Na medicina preventiva cuida da saúde da população orientação sobre hábitos alimentares e de higiene, moradia, etc para impedir epidemias e disseminação de doenças.


ESPECIALIZAÇÕES POSSÍVEIS:

Alergologia e Imunologia: Tratamento de doenças alérgicas causadas por fatores diversos (produtos químicos, poeira, pêlos, alimentos e outros).

Anátomo Patologista: Estuda detalhadamente o material colhido para biópsia, fazendo exames microscópicos para realizar o diagnóstico. Em autópsias faz exames dos órgãos e tecidos de um corpo sem vida, através de estudos microscópicos, a fim de determinar a causa mortis.

Anestesista: Examina o paciente, prescreve sedativos, planeja a anestesia a ser administrada para minimizar processos dolorosos dos pacientes e possibilitar a realização de exames e cirurgias. Cuida do paciente anestesiado até sua reanimação total.

Angiologista: Diagnostica e trata doenças e lesões do sistema vascular. Examinas veia, artérias e linfáticos, para localizar o problema e prescrever o tratamento.

Bacteriologista: Faz exames laboratoriais de urina, fezes, secreções, etc. para identificar o micróbio causador do doença, realizar o diagnóstico e prescrever o tratamento necessário.

Cardiologista: Diagnostica e trata doenças cardíacas congênitas ou adquiridas utilizando meios clínicos ou cirúrgicos.

Citopatologista: Faz o diagnóstico de doenças através de exames microscópicos para verificar as alterações das células.

Clínica Geral: Tratamento clínico das doenças em geral, encaminha para avaliação e tratamento de um especialista.

Cirurgião Geral: Tratamento Cirúrgico das doenças que atingem órgãos e estruturas do abdome (estomago, intestino, vesícula, etc).

Cirurgia Infantil ou Pediátrica: Realiza cirurgias em crianças para corrigir problemas congênitos ou adquiridos.

Cirurgião Plásticos: Cuida da estética de pacientes através de Cirurgias corrigindo deformações causadas por acidentes ou doenças e cirurgias para embelezamento das pessoas.

Dermatologista: Realiza exames físicos e laboratoriais para identificar e tratar doenças da pele, alergias e outras doenças que podem ter manifestações cutâneas.

Endocrinologista: Diagnóstico e tratamento clínico das doenças glandulares.
Eletroencefalografista: Faz exames das ondas elétricas do cérebro – eletroencefalograma através de aparelhos específicos para identificar doenças que atingem o cérebro, lê e interpreta esses exames.

Endocrinologista: Faz o diagnóstico e tratamento de doenças glandulares.

Endoscopista: Faz exames laboratoriais das vias aéreas e sistema digestivo utilizando aparelhagem própria.

Fisiatra: Cuida da reabilitação física de pacientes portadores de seqüelas resultantes de afecções, como: derrames, fraturas ósseas, e outros.

Gastroenterologista: Diagnostica e trata os problemas do aparelho digestivo (Esôfago, Estômago e intestino).

Geriatra: Prevenção e tratamento das doenças decorrentes do envelhecimento.

Ginecologia e Obstetrícia: A Ginecologia trata das doenças do aparelho genital feminino. A Obstetrícia orienta e acompanha gestantes durante a gravidez, parto e após o parto.

Hanseniologista: Cuida do tratamento e prevenção da Lepra.

Hematologista: Faz o tratamento clínico das doenças do sangue e medula óssea.

Hemoterapêuta: Cuida da forma de tratamento das doenças do sangue ou tratamentos que utilizam o sangue e seus derivados.

Homeopatia: Especialidade clínica alternativa que se utiliza doses e medicamentos não convencionais da alopatia.

Infectologia: Tratamento das doenças contagiosas por vírus e microorganismos tais como bactérias e fungos.

Intensivista: Cuida dos pacientes graves em unidades de Terapia

Mastologia: Tratamento clínico das doenças da mama.

Medicina Preventiva: Trata da Saúde Pública através da prevenção de doenças por meio de campanhas de vacinação, soros, etc.

Medicina do Trabalho: Examina candidatos a empregos. Faz exames periódicos nos empregados da empresa. Fiscaliza as condições de trabalho e os fatores que podem afetar a saúde dos empregados.

Médico Legista: Faz autópsias examinando as diferentes partes do cadáver para constatar a causa da morte ou reconhecimento do corpo. Realiza exames em pacientes portadores de distúrbios ou lesões, a fim de diagnosticar as causas.

Medicina Nuclear: Diagnóstico e tratamento de doenças utilizando a radioatividade.

Nefrologia: Cuida do tratamento clínico das doenças dos rins.

Neurologia: Tratamento clínico das doenças do sistema nervoso, exceto mentais.

Neurocirurgia: Tratamento cirúrgico das doenças do cérebro, medula e nervos.

Oftalmologia: Tratamento clínico ou cirúrgico das doenças dos olhos.

Oncologista: Tratamento clínico ou cirúrgico dos tumores (benignos ou malignos).

Ortopedia e Traumatologia: Tratamento das enfermidades das articulações, ossos, músculos, bem como as decorrentes de traumas e contusões.

Otorrinolaringologia: Tratamento clínico ou cirúrgico das doenças do ouvido, nariz e garganta.

Pediatria: Acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança e tratamento de suas doenças.

Pneumologia: Tratamento clínico das doenças dos pulmões e brônquios.

Proctologia: Tratamento clínico ou cirúrgico das doenças do reto e ânus.

Radiologia: Estudo detalhado de radiografias para a realização de diagnósticos que permitam a perfeita localização de afecções como fraturas, tumores e outros.

Reumatologia: Tratamento clínico das doenças das articulações, ossos e músculos.

Sanitarista: Elaboração, execução e avaliação de programas de saúde pública.

Urologia: Tratamento clínico ou cirúrgico das doenças das vias urinárias masculina e feminina.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:
O campo de atuação dos médicos é bastante amplo podendo atuar em: hospitais, clínicas, laboratórios, postos de saúde, pronto-socorros, escolas, indústrias, sanatórios, instituições recreativas e esportivas, entre outros.

CURRÍCULO MÍNIMO DO CURSO:

Matérias Básicas: Biologia (Citologia, Genética, Embriologia e Evolução), Ciências Morfológicas (Anatomia e Histologia), Ciências Fisiológicas (Fisiologia, Bioquímica, Biofísica, Farmacologia), Patologia (Micróbios e Parasitas – Agentes Patogênicos, Imunologia e Processos Patológicos Gerais), Educação Física.

Matérias de Formação Profissional: Iniciação ao Exame Clínico, Patologia e Clínica dos Órgãos e Sistemas, Obstetrícia e Ginecologia, Pediatria, Bases da Técnica Cirúrgica e de Anestesia, Psiquiatria, Medicina legal e Deontologia, Estudo da Saúde Pública.

Estágio Obrigatório e Supervisionado em Hospitais e Centros de Saúde adaptados ao curso.

Duração do Curso: 6 anos

19 comentários:

in the zone disse...

Medicina com certeza é algo que eu não quero fazer. Uma tia minha fez um curso técnico de radiologia e teve que aprender mil e uma doenças e tudo mais. Não me identifico, não.

Mas pra quem curte uma cirurgia, é um post muito informativo e esclarecedor. 6 anos de estudo é muito tempo, velho!
Mas nem ligo, eu vou fazer PSICOLOGIA!

*------------*

Parabéns pelo blog, e sucesso aí. o//

Marina disse...

ahaha.. 6 anos de estudo é muito tempo? Isso não é nem o começo!!

Gostei muito do seu blog.
Fiz minha escolha profissional com 17 anos, mas tentei mudar várias vezes, ainda não consegui, apesar de gostar do que faço, acho que gostaria mais de pudesse trabalhar com bicho!

Leo Pinheiro disse...

Vc já descreveu a profissão de jornalista?

Renan Barreto disse...

Tá aí uma profissão que eu admiro muito, mas não teria a menor condição de fazer.

Valeu!

º°● Piter disse...

Encaminhei esse post pra um amigo que pensar em fazer medicina. Irá ajudá-lo.

P. Florindo disse...

O ramo da medicina é muito vasto. Se eu tivesse que escolhar uma área para estudar na medicina, seria a oftalmologia. :)

Ana Lucia Nicolau disse...

nossa! não posso nem ver sangue ou pessoa passando mal...
tá aí uma profissão linda que eu nunca exerceria

Lucas Moratelli disse...

Tenho pavor de áreas médicas!

Post super instrutivo pra quem pretende seguir esse tipo de carreira.

Muito bom o seu trabalho!

Vou ver se tem alguma coisa aqui relacionada a artes. *-*
_
Obrigado pelo comentário.

Lucas M.
(http://discorro.blogspot.com/)

SecretWords disse...

medicina é uma coisa que com certeza não quero faer[2]

http://secret--words.blogspot.com/

Igor Ferreira disse...

ADOREEEI O POST *-*
esclareceu até algumas dúvidas minhas.
Obrigadoo
e Parabéns..

Lukas disse...

qd era gurizin falava q ia ser cardiologista, hoje pretendo ir para a publicidade e propaganda, Nossos planos mudam
abraço
boa sorte ai

Daniel disse...

Boa, isso me lembrou que está na hora de eu agendar uma visita a vários desses especialistas....

Tolerância Zero disse...

cruis... ainda bem que eu fiz arquivologia.... mas pretendo fazer ciências contábeis ..oq tem a nos dizer?

Maria Eduarda Selva disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Eduarda Selva disse...

Estou comentando pelo Voluntários em Ação mas sou a Duda Selva.

Nossa é muito importante um blog assim. Sério mesmo, quantos jovens são ajudados por dia por causa dele!!!
Ainda bem que eu nao decidi medicina.

Maria Inez, voce nao quer participar do Movimento Blog Voluntário que quer combater o analfabetismo digital. E o teu blog seria perfeito para participar.
www.blogvoluntario.org.br

Blog lolcos disse...

Nossa tem mtos nomes
foda decorar neh auishaisuh

seuvicio disse...

Ah, medicina fede. É uma profissão corporativa e altamente mentirosa, metade dos médicos formados é competente sequer pra cortar unhas.

Carlos Mendes disse...

oi inez valeu pelo comentário legal seu blog ele ja deve ter ajudado muita gente parabens.

abraço

carlos mendes

kacau disse...

Inez, é um dom quem tem essa profissão, já minha mãe acha que ´precisa de grana mesmo e muita para pagar uma faculdade dessa, se fizesse faria obstetricia, pública só pros ricos, que pena né?