30 de abr de 2009

TECNOLOGIA EM HIDRÁULICA E SANEAMENTO AMBIENTAL

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

O Tecnólogo em Saneamento Ambiental atua na preservação do meio ambiente.
Projeta e planeja, construção, fiscalização , operação e manutenção de sistemas hidráulicos sistemas de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgotos, drenagem de águas pluviais, coleta e tratamento de lixo.
Projeta, planeja, executa e implanta instalações prediais, pequenas barragens, canais de proteção contra incêndio .
Controla o recebimento e utilização dos materiais usados nas instalações.
Presta serviços a laboratórios dedicados ao controle de qualidade das águas de abastecimento , controle de lançamento de efluentes domésticos e industriais. E atua em programas de controle do meio ambiente em equipes de análise e avaliação do impacto ambiental.


CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:
Prefeituras, empresas de consultorias, órgãos estaduais, indústrias, empresas de construção civil.
Duração do curso: 3 anos.

29 de abr de 2009

TÉCNICO EM CERÂMICA

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:
Colabora em pesquisas, ensaios e experiências relacionados com as transformações físicas ou químicas dos materiais cerâmicos.
Projeta modelos e moldes determinando a técnica e a matéria-prima a serem utilizadas na fabricação.
Elabora testes, ensaios e análises químicas da matéria-prima a ser utilizada na composição da cerâmica.
Estuda e examina a formulação da massa desejada para a fabricação do produto.
Orienta na preparação da massa em todas as suas etapas: moagem, filtragem, marombagem, formação, secagem, queima, esmaltação e decoração.
Faz o controle de qualidade da matéria-prima e do produto pronto.
Cuida da manutenção e conservação das instalações, equipamentos e instrumentos.
Realiza análise das atividades e estabelece medidas de segurança do trabalho.
Presta assistência técnica aos clientes da empresa.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL
Indústrias de fabricação de revestimentos cerâmicos de piso e parede; de cerâmica vermelha para a construção civil; de cerâmica branca (louça de mesa , porcelanas, louças artísticas, isoladores elétricos, aparelhos sanitários); de extração de matérias-primas e insumos para indústria cerâmica; de cerâmica avançada e cerâmica técnica; de vidros em geral; de cimento.

28 de abr de 2009

ENGENHARIA ELÉTRICA

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

A Engenharia Elétrica possui duas modalidades: Engenharia Eletrônica e Engenharia Eletrotécnica.
O Engenheiro Eletrônico projeta máquinas e equipamentos elétricos e eletrônicos, controles automáticos, computadores, microprocessadores, microondas, televisores, ultrasons, eletrônica médica, sistemas de medição e controle eletrônico.
Na indústria colabora na manutenção de equipamentos mecânicos movidos por eletricidade e orienta na fabricação dos produtos eletrônicos.
Faz o planejamento da implementação de processos de automação industrial, executando tarefas que vão desde a criação de peças simples até a elaboração e desenvolvimento de estruturas complexas para automatizar a produção.
O Engenheiro Eletrotécnico cuida da geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.
Estuda a viabilidade técnico-econômica de obras para implantação de usinas hidroelétricas e termoelétricas, faz o planejamento e projeto dessas usinas, planeja a obra em todos os aspectos equipamentos, materiais, máquinas elétricas, sistemas de medição e controle.
Presta assessoria técnica, consultoria e direção de obras e serviços técnicos, realiza vistorias e perícia técnica.
Conduz e supervisiona equipes de instalação, montagem, operação e manutenção de equipamentos e instalações.
Executa a fiscalização de obras e serviços técnicos.


CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:

Indústrias de fabricação de produtos elétricos e eletrônicos em geral, comércio de produtos eletrônicos, usinas hidroelétricas e termoelétricas, indústrias de equipamentos elétricos, empresas de distribuição de energia elétrica e telefonia.

CURRÍCULO MÍNIMO DO CURSO:

Matérias Básicas: Matemática, Física, Química, Mecânica, Processamento de Dados, Desenho, Eletricidade, Resistência dos Materiais, Fenômenos de Transporte.

Matérias de Formação Geral: Humanidades e Ciências Sociais, Economia e Administração, Ciências do Ambiente, Educação Física.

Matérias de Formação Profissional: Circuitos Elétricos, Eletromagnetismo, Eletrônica, Materiais Elétricos, Conservação de Energia e Servomecanismo.

Estágio: Obrigatório e supervisionado

Duração do Curso: 5 anos.

27 de abr de 2009

SERVIÇO SOCIAL

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

Assistente Social é o profissional que cuida do bem estar social, colaborando na solução de problemas de indivíduos, grupos ou comunidades.
Elabora estudos, projetos e programas visando a melhoria da qualidade de vida das pessoas.
Faz análise das causas dos desajustamentos sociais, desenvolve projetos e planeja ações para restabelecer a normalidade de comportamento de indivíduos ou grupos, em relação ao seu meio social.
Planeja e supervisiona projetos de saneamento, saúde, alimentação, encaminhamento de indivíduos para empregos, lazer e outros que beneficiem a população.
Elabora projetos de profissionalização de jovens e adultos em situação de risco, em presídios e instituições que cuidam de menores infratores.
Elabora, aplica e supervisiona projetos de inclusão social.
Planeja, organiza e desenvolve atividades individuais ou de grupos para previnir desajustes de natureza biopsicosocial visando promover a reintegração de indivíduos à comunidade.
Elabora projetos visando tirar pessoas das ruas e acomodá-las em abrigos.
Fiscaliza instituições como asilos e orfanatos para verificar as condições de higiene e alimentação.
Atua junto a outros profissionais, como médicos, psicólogos, sociólogos, terapeutas ocupacionais, a fim de obter subsídios para a elaboração e planos de ação junto à comunidade e pessoas necessitadas.
Fiscaliza adoções e a realização de trabalhos sociais de órgãos públicos.


CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:

Empresas privadas, junto ao departamento pessoa, recursos humanos e assistência ao empregado, órgãos públicos de ações sociais, associações de bairro, grêmios esportivos, instituições de ensino e pesquisa, entidades de classe e outros que cuidam do desenvolvimento social de indivíduos ou grupos.

CURRÍCULO MÍNIMO DO CURSO:

Matérias Básicas: Filosofia, Sociologia, Psicologia, Economia, Antropologia, Formação Social, Economia e Política do Brasil, Direito e Legislação Social, Educação Física.

Matérias de Formação Profissional: Teoria do Serviço Social, Metodologia do Serviço Social, História do Serviço Social, Desenvolvimento da Comunidade, Política Social, Administração em Serviço Social, Ética Profissional em Serviço Social, Planejamento Social.

Estágio Obrigatório e Supervisionado.

Duração do Curso: 4 anos.

25 de abr de 2009

TECNOLOGIA EM GESTÃO DE PROCESSOS INDUSTRIAIS

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:
Planeja, coordena, orienta e controla ações próprias de um setor de fabricação, relacionadas ao fluxo de materiais, processos industriais e recursos humanos, sob sua responsabilidade. Emprega os conhecimentos tecnológicos e técnicas gerenciais. Executa métodos de trabalho em cumprimento a um plano de produção, seguindo normas técnicas, ambientais, de qualidade, saúde e segurança, procedimentos industriais e metas da empresa. Pode, ainda, atuar na estruturação de pequenos negócios.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL
Empresas industriais: automobilísticas, mecânicas, de alimentos, metalúrgicas, siderúrgicas e químicas, entre outras.

24 de abr de 2009

OCEANOGRAFIA

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

O Oceanógrafo é o profissional que estuda e pesquisa os ambientes marinhos, analisa as condições físicas, químicas, biológicas e geológicas.
Na Oceanografia Física estuda as correntes marinhas, temperatura da água nos diversos níveis, o deslocamento de grandes massas de água, densidade, pressão, transparência, recursos energéticos dos mares,
Planeja, implanta, coordena e supervisiona projetos de controle dos processo erosivos na praias e obras costeiras, tais como emissários submarinos e marinas.
A oceanografia Química estuda e analisa as propriedades físico-químicas da água do mar, salinidade, pH, seus nutrientes e processo bioquímicos.
Elabora, executa e supervisiona programas de monitoramento da qualidade da água.
Na Oceanografia Biológica estuda a flora e fauna marinha, sua interação com o meio físico, químico e geológico, o aproveitamento dos recursos biológicos de maneira racional.
Analisa os efeitos da intervenção do homem nos ecossistemas e acompanha a exploração dos recursos naturais matinhos.
Na Oceanografia Geológica pesquisa a composição, origem e estrutura do solo do fundo do mar, as bacias oceânicas e estuda a melhor forma para sedimentação e assoreamento.
O Oceanógrafo estuda e analisa a composição das águas de rios, lagos e estuários, desenvolve técnicas para a utilização do recursos hídricos que não cause danos ambientais.
Desenvolve e gerencia projetos de revitalização das margens de rios e lagos.
Supervisiona o cultivo de organismos aquáticos em cativeiro.


CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:

Centros de pesquisas marinhas, fundações ligadas ao controle do meio ambiente, empresas de aqüicultura e maricultura, empresas pesqueiras, de processamento da pesca, exploração de minerais marinhos e institutos de ensino e pesquisa.


CURRÍCULO MÍNIMO DO CURSO:

Matérias Básicas: Matemática, Física, Química, Biologia e Geologia.

Matérias de Formação Geral: oceanografia Química, Oceanografia Física, Oceanografia Biológicas, Oceanografia Geológica, Meteorologia e Climatologia.

Matéria de Formação Profissional: Manejo dos Recursos Vivos, Tecnologia Pesqueira, Aquacultura, Oceanografia Física, Costeira e Estuárias, Ondas e Marés, Dinâmica dos Oceanos, Geoquímica Marinha, Poluição Marinha, Oceanografia Química Oceânica, Costeira e Estuarina, Geofísica Marinha, Estratigrafia e Geotectônica do Fundo do Oceano, Recursos Marinhos.

Estágio: Obrigatório e Supervisiona a bordo de Navio Oceanográfico e projeto de graduação.


Duração do Curso: 5 anos.

23 de abr de 2009

TÉCNICO EM HOTELARIA

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:
Organiza, orienta, coordena e executa atividades de gerenciamento de reservas, recepção e vendas em hotéis, pousadas, camping.
Organiza e supervisiona serviços próprios de estabelecimentos de hospedagem, serviços de restaurante e bares, campings, flats e resorts.
Controla e fiscaliza a aparência do estabelecimento quanto à limpeza, higiene, estado de conservação etc.
Presta assistência direta aos hóspedes, procurando atender às suas necessidades.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL
Hotéis, resorts, flats e campings, pousadas.

22 de abr de 2009

MEDICINA

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

As atividades do Médico estão ligadas a aspectos assistenciais porque seu trabalho consiste em conservar ou recuperar a saúde das pessoas.
Entrevista os pacientes sobre seus sintomas, solicita exames laboratoriais e complementares para realizar o diagnóstico e prescrever o tratamento adequado.
Diagnostica e trata doenças dos aparelhos respiratório, circulatório, digestivo, ósseo-muscular, dos aparelhos digitais masculino e femininos. Trata pacientes portadores de distúrbios glandulares,lesões e distúrbios do sistema nervoso, doenças da visão, ouvido nariz e garganta.
Cuida de mulheres em estado de gravidez e parto e na orientação do desenvolvimento do recém-nascido.
Dedica-se a cirurgia fazendo intervenções no corpo humano a fim de eliminar o problema causador da doença e restabelecer a saúde.
Pode dedicar-se ao estudo e pesquisa dentro da área médica sobre as enfermidades e transtornos que prejudicam o organismo humano com o objetivo de:
- determinar a natureza e a causa;
- observar as manifestações;
- decidir os métodos de tratamento;
- avaliar os resultados.
Na medicina preventiva cuida da saúde da população orientação sobre hábitos alimentares e de higiene, moradia, etc para impedir epidemias e disseminação de doenças.


ESPECIALIZAÇÕES POSSÍVEIS:

Alergologia e Imunologia: Tratamento de doenças alérgicas causadas por fatores diversos (produtos químicos, poeira, pêlos, alimentos e outros).

Anátomo Patologista: Estuda detalhadamente o material colhido para biópsia, fazendo exames microscópicos para realizar o diagnóstico. Em autópsias faz exames dos órgãos e tecidos de um corpo sem vida, através de estudos microscópicos, a fim de determinar a causa mortis.

Anestesista: Examina o paciente, prescreve sedativos, planeja a anestesia a ser administrada para minimizar processos dolorosos dos pacientes e possibilitar a realização de exames e cirurgias. Cuida do paciente anestesiado até sua reanimação total.

Angiologista: Diagnostica e trata doenças e lesões do sistema vascular. Examinas veia, artérias e linfáticos, para localizar o problema e prescrever o tratamento.

Bacteriologista: Faz exames laboratoriais de urina, fezes, secreções, etc. para identificar o micróbio causador do doença, realizar o diagnóstico e prescrever o tratamento necessário.

Cardiologista: Diagnostica e trata doenças cardíacas congênitas ou adquiridas utilizando meios clínicos ou cirúrgicos.

Citopatologista: Faz o diagnóstico de doenças através de exames microscópicos para verificar as alterações das células.

Clínica Geral: Tratamento clínico das doenças em geral, encaminha para avaliação e tratamento de um especialista.

Cirurgião Geral: Tratamento Cirúrgico das doenças que atingem órgãos e estruturas do abdome (estomago, intestino, vesícula, etc).

Cirurgia Infantil ou Pediátrica: Realiza cirurgias em crianças para corrigir problemas congênitos ou adquiridos.

Cirurgião Plásticos: Cuida da estética de pacientes através de Cirurgias corrigindo deformações causadas por acidentes ou doenças e cirurgias para embelezamento das pessoas.

Dermatologista: Realiza exames físicos e laboratoriais para identificar e tratar doenças da pele, alergias e outras doenças que podem ter manifestações cutâneas.

Endocrinologista: Diagnóstico e tratamento clínico das doenças glandulares.
Eletroencefalografista: Faz exames das ondas elétricas do cérebro – eletroencefalograma através de aparelhos específicos para identificar doenças que atingem o cérebro, lê e interpreta esses exames.

Endocrinologista: Faz o diagnóstico e tratamento de doenças glandulares.

Endoscopista: Faz exames laboratoriais das vias aéreas e sistema digestivo utilizando aparelhagem própria.

Fisiatra: Cuida da reabilitação física de pacientes portadores de seqüelas resultantes de afecções, como: derrames, fraturas ósseas, e outros.

Gastroenterologista: Diagnostica e trata os problemas do aparelho digestivo (Esôfago, Estômago e intestino).

Geriatra: Prevenção e tratamento das doenças decorrentes do envelhecimento.

Ginecologia e Obstetrícia: A Ginecologia trata das doenças do aparelho genital feminino. A Obstetrícia orienta e acompanha gestantes durante a gravidez, parto e após o parto.

Hanseniologista: Cuida do tratamento e prevenção da Lepra.

Hematologista: Faz o tratamento clínico das doenças do sangue e medula óssea.

Hemoterapêuta: Cuida da forma de tratamento das doenças do sangue ou tratamentos que utilizam o sangue e seus derivados.

Homeopatia: Especialidade clínica alternativa que se utiliza doses e medicamentos não convencionais da alopatia.

Infectologia: Tratamento das doenças contagiosas por vírus e microorganismos tais como bactérias e fungos.

Intensivista: Cuida dos pacientes graves em unidades de Terapia

Mastologia: Tratamento clínico das doenças da mama.

Medicina Preventiva: Trata da Saúde Pública através da prevenção de doenças por meio de campanhas de vacinação, soros, etc.

Medicina do Trabalho: Examina candidatos a empregos. Faz exames periódicos nos empregados da empresa. Fiscaliza as condições de trabalho e os fatores que podem afetar a saúde dos empregados.

Médico Legista: Faz autópsias examinando as diferentes partes do cadáver para constatar a causa da morte ou reconhecimento do corpo. Realiza exames em pacientes portadores de distúrbios ou lesões, a fim de diagnosticar as causas.

Medicina Nuclear: Diagnóstico e tratamento de doenças utilizando a radioatividade.

Nefrologia: Cuida do tratamento clínico das doenças dos rins.

Neurologia: Tratamento clínico das doenças do sistema nervoso, exceto mentais.

Neurocirurgia: Tratamento cirúrgico das doenças do cérebro, medula e nervos.

Oftalmologia: Tratamento clínico ou cirúrgico das doenças dos olhos.

Oncologista: Tratamento clínico ou cirúrgico dos tumores (benignos ou malignos).

Ortopedia e Traumatologia: Tratamento das enfermidades das articulações, ossos, músculos, bem como as decorrentes de traumas e contusões.

Otorrinolaringologia: Tratamento clínico ou cirúrgico das doenças do ouvido, nariz e garganta.

Pediatria: Acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança e tratamento de suas doenças.

Pneumologia: Tratamento clínico das doenças dos pulmões e brônquios.

Proctologia: Tratamento clínico ou cirúrgico das doenças do reto e ânus.

Radiologia: Estudo detalhado de radiografias para a realização de diagnósticos que permitam a perfeita localização de afecções como fraturas, tumores e outros.

Reumatologia: Tratamento clínico das doenças das articulações, ossos e músculos.

Sanitarista: Elaboração, execução e avaliação de programas de saúde pública.

Urologia: Tratamento clínico ou cirúrgico das doenças das vias urinárias masculina e feminina.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:
O campo de atuação dos médicos é bastante amplo podendo atuar em: hospitais, clínicas, laboratórios, postos de saúde, pronto-socorros, escolas, indústrias, sanatórios, instituições recreativas e esportivas, entre outros.

CURRÍCULO MÍNIMO DO CURSO:

Matérias Básicas: Biologia (Citologia, Genética, Embriologia e Evolução), Ciências Morfológicas (Anatomia e Histologia), Ciências Fisiológicas (Fisiologia, Bioquímica, Biofísica, Farmacologia), Patologia (Micróbios e Parasitas – Agentes Patogênicos, Imunologia e Processos Patológicos Gerais), Educação Física.

Matérias de Formação Profissional: Iniciação ao Exame Clínico, Patologia e Clínica dos Órgãos e Sistemas, Obstetrícia e Ginecologia, Pediatria, Bases da Técnica Cirúrgica e de Anestesia, Psiquiatria, Medicina legal e Deontologia, Estudo da Saúde Pública.

Estágio Obrigatório e Supervisionado em Hospitais e Centros de Saúde adaptados ao curso.

Duração do Curso: 6 anos

21 de abr de 2009

RESPOSTA

Richard disse...
Olá, Inez!

O seu blog é sensacional.Aos menos 18 anos tive que tomar a maior decisão da minha vida. O que serei?Meu sonho era Medicina, já imaginava todos os dias como seria, mas tive que optar pelo marketing, pois trabalhava numa empresa e eu era o único com ensino médio, fora que o único que sustentava a casa era eu. Tive que tomar essa decisão contra a minha vontade.Pois bem... passou-se exatamente 5 anos da minha vida e estou concluindo a pós graduação em gestão empresarial.A medicina esfriou na minha vida, o sonho tinha acabado.Mas administração e marketing ainda não é algo que me deixa feliz... mas me fez bem pq eu descobri uma coisa muito boa em mim. Sinto-me bem quando preparo alguém, treino, entro em sua vida e mudo o seu destino... quando posso através de meus ouvidos e minhas palavras, confortar alguém. Aprendi tudo isso com a liderança que exerci... logo subi na empresa por esse meu perfil... Hoje estou desempregado e estudando pra concurso... preciso de um emprego estável.. e daí pensei o que eu quero ser, pois ainda dá tempo.PSICOLOGIA.Era algo que eu nunca tinha pensado, pois aos 18 anos sem experiência de trabalho, você sempre disvirtua todas as profissões.Quero passar em um concurso e depois seguir a carreira de psicologo na área clínica ou hospitalar e daí o meu sonho acordou... de uma outra forma que eu não esperava, mas acordou.O que achas?Devo seguir esse sonho ou continuo na administração??

17 de Abril de 2009 14:51


Richard

Aos 17 ou 18 anos quando se tem que escolher uma profissão é bastante complicado, muitos jovens acabam escolhendo pelo que acham que é a carreira, o que nem sempre corresponde a realidade, só mais tarde percebem que não é bem o que pensavam.
N psicologia nem sempre conseguimos mudar a vida das pessoas, mas podemos fazer com que elas entendam e passem a lidar melhor com seus problemas, o que é bastante gratificante.
Quanto ao seu caso se o sonho retornou você pode e deve ir atrás de realizá-lo, mas tendo os pés nos chão. Sugiro que converse com alguns profissionais de psicologia para que possa analisar melhor o que é o exercício profissional.
A área Hospitalar está em crescimento, já na área clínica não é muito fácil porque infelizmente a imagem do Psicólogo ainda é a de leitor de mentes, médico de louco e supérflua, quando o sapato aperta a primeira coisa que largam é a terapia.
Como você diz que se sente muito bem quando treina e prepara alguém há também uma outra opção a ser analisada que se aproxima muito da Psicologia é a Área de Administração de Recursos Humanos, neste caso você não precisará fazer um novo curso de graduação, terá somente que fazer uma pós graduação em Recursos Humanos e atuar na área de Recrutamento, Seleção e Treinamento de Pessoal, em conjunto com Psicólogos.
Análise bem as opções para decidir o que é melhor pra você e corra atrás do sonho, vale a pena.

DIPLOMACIA

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

As atividades do diplomata dividem-se em três funções básicas: a de representação, de negociação e de informação. Poderá exercer essas funções em sete grandes áreas:
Administrativa: dirige órgãos do Ministério das Relações Exteriores no Brasil ou no exterior, controla recursos financeiros, materiais e humanos;
Estratégica: participa da definição das políticas externas e da administração das atividades do Itamarati;
De promoção comercial: incrementando as relações comerciais com outros países, acompanhando transações internacionais;
Consular: presta assistência a brasileiros em outros países, cuidando da documentação destes, emitindo passaportes e vistos, reconhecendo firmas e documentos, cuida da fiscalização e do despacho de navios brasileiros em cidades portuárias estrangeiras;
Multilateral: representa o país em entidades internacionais e integrando ou chefiando delegações;
Econômica: defende os interesses nacionais nas negociações com outros países; prepara agendas de encontros comerciais no exterior para grupos de empresários;
Política: assessora o governo nos entendimentos e negociações com o país no qual serve; coleta, analisa, interpreta e redige relatórios sobre política internacional; assessora a Câmara e o Senado; em situações extremas, exercendo a chamada “diplomacia secreta”, em que a segurança de Estado exige sigilo.

O Curso de Diplomacia é oferecido somente pelo Instituto Rio Branco, em Brasília.

Condições para inscrever-se:
- Ser Brasileiro nato;
- Ter idade entre 19 e 30 anos;
- Ter concluído um Curso Superior;
- Estar em dia com o Serviço Militar e Eleitoral;
- Ter bons antecedentes;
- Possuir conhecimento profundo de Inglês;
- Ter domínio da Internet e de Francês;
- Ter conhecimento de um terceiro idioma é um diferencial para a carreira.

Durante o curso são estudadas matérias como: Linguagem Diplomática, Português, Francês, Espanhol e outras línguas opcionais, Política, Direito, Economia, Administração, História, Sociologia e Regras do Cerimonial e Protocolo.

Duração do curso: 2 anos, com estágio obrigatório nos 3 últimos meses que são realizados nas Embaixada e Consulados Gerais do Brasil na América do Sul.

20 de abr de 2009

RESPONDENDO A SOLICITAÇÃO DA ANANDA

Ananda V. Sgrancio disse...

Como uma boa vestibulanda estou em dúvidas, dúvidas, dúvidas!Arquitetura seria uma das minha dúvidas. rsGostaria de saber mais sobre: Cinema e Vídeo e as respectivas universidades que tem essa profissão.Obrigada!


Cinema foi publicado no dia no dia 05 de abril.

Faculdades que oferecem o curso de Cinema e Vídeo
Universidade Federal de Minas Gerais – Belo Horizonte - MG
Centro Universitário UNA – Belo Horizonte – MG
Universidade Federal Fluminense – RJ
Universidade Estácio de Sá – RJ
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – RJ
Universidade Gama Filho – RJ
Universidade da Cidade – RJ
Universidade Metodista de São Paulo – SP
Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio – Salto – SP

OBS: Na Universidade São Paulo o curso de Cinema foi substituído pelo curso de Audiovisual, mais completo formando profissionais tanto para atuar em Cinema quando em emissoras de Rádio e TV.

TÉCNICO EM DESENHO DE ARQUITETURA

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

Auxilia o arquiteto no desenvolvimento de suas atividades.
Recebe o projeto do arquiteto e efetua o desenho nos escalares necessários à posterior execução.
Executa as representações gráficas de projetos de construção, tais como escalares de plantas, fachadas, perspectivas, detalhes das várias partes das instalações e ferragens utilizadas nas estruturas metálicas e de concreto armado.
Estuda o esboço do projeto, examina croquis, rascunhos e plantas para se orientar na elaboração dos desenhos do projeto nas escalas necessárias.
Elabora desenhos da peça ou da obra, utilizando instrumentos apropriados e observação de escalas adequadas.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL
Construtoras, empresas de engenharia e arquitetura, decoração, indústria e comércio de materiais de construção e como autônomo em seu próprio escritório.

19 de abr de 2009

TÉCNICO FLORESTAL

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

Executa e administra trabalhos de cultivo, conservação, exploração e proteção de florestas naturais e demais formas de vegetação.
Coordena trabalhos de cultivo e conservação de florestas.
Executa serviços específicos de florestamento e reflorestamento, assim como tratos culturais de florestas.
Ordena e estima o volume de madeira de uma floresta e sua utilização racional.
Orienta pessoal encarregado e executa medidas de combate a incêndios, pragas e doenças florestais.
Zela pelo cumprimento das normas de prevenção e proteção florestal, em relação à flora e à fauna.
Propõe e conduz melhorias junto ao setor rural, para empresa agroflorestal, e através de alternativas associativas e cooperativistas.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:

Empresas de reflorestamento, indústrias madeireiras, empresas públicas de pesquisa e preservação ambiental, parques públicos e áreas de preservação ambiental, indústrias de celulose e papel.

18 de abr de 2009

CONSTRUÇÃO CIVIL – MODALIDADE MOVIMENTO DE TERRA E PAVIMENTAÇÃO

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

O Tecnólogo em Construção Civil – Modalidade Movimento de Terra e Pavimentação planeja, elabora, administra, fiscaliza e executa projetos e obras de pavimentação e terraplanagem e obras de corrente e drenagem.
Pesquisa e faz orçamentos de materiais e mão-de-obra, prepara memoriais descritivos, elabora licitações, seleciona e dimensiona equipes e equipamentos.
Desenvolve o controle de qualidades, elabora especificações e normas técnicas.
Faz estudos de tráfego e coordena as atividades de apoio necessárias para o andamento dos projetos e obras,
Executa vistoriais, avaliações e elabora laudos técnicos dentro de seu campo profissional.
Pode dedicar-se ao ensino e a pesquisas aplicada

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:

Empresas e Indústrias de Construção Civil, pavimentação de estradas, de transportes em rodovias e terraplanagem.

16 de abr de 2009

COMENTÁRIO DO RENAN

Renan Barreto disse...

Muito boa Inez. Eu nunca me veria trabalhando em algo que não gostasse. No meu primeiro estágio, percebi que depois de um ano e dois meses eu não estava rendendo mais tão bem quanto antes, precisava de outra coisa, novas experiências. Pedi demissão e hoje tô indo pro meu terceiro estágio. rs Faço muitos trabalhos de graça porque me dá muito prazer em fazê-lo, outros eu cobro, o que não tira o meu prazer. Amo minha profissão e o dinheiro é consequência de um trabalho bem feito. Não há receita de bolo. Se a pessoa estudar medicina, mas gostar de arquitetura, ela será uma profissional ruim e irá trabalhar mal. Acho que temos que acabar com a idéia de que trabalho é castigo. Não é bem assim. Eu desenvolvo trabalhos ligados à minha área o dia inteiro: Escrevo em três blogs, dois sites de noticias, um jornal, faço pesquisas na biblioteca, faço traduções de textos, pego algumas assessorias de imprensa e ainda tenho que ir a faculdade. Adoro a minha vida. Acho que a felicidade profissional está intimamente ligada à felicidade pessoal. Enfim, você só fará algo bem feito, se for por prazer e não por obrigação. Valeu! PS: Dinheiro não traz felicidade, a felicidade traz dinheiro!
16 de Abril de 2009 15:05

Concordo plenamente com o que o Renan escreveu, fazer alguma coisa sem gostar é castigo, mas quando se gosta do que faz o trabalho é a única forma de atender as necessidades psicológicas de todo ser humano.
Temos necessidades físicas e psicológicas que precisam ser satisfeitas para que possamos viver bem, as necessidades físicas são: fome, sede, sono, sexo, proteção contra o frio ou calor.
As necessidades psicológicas segundo Maslow são: segurança, filiação e amor, respeito e auto-estima, informação, compreensão estética e autorealização. Em outras palavras, necessidade de segurança física a proteção, pertencer a um grupo, realizar, ser respeitado e compreendido, e ter status.
O lugar onde podemos ter a maioria das necessidades psicológicas satisfeitas é no trabalho, onde teremos a oportunidade de realizar algo, pertencer um grupo de trabalho, que irá nos respeitar e reconhecer o nosso esforço, (muitos desse grupo passam a fazer parte de nosso grupo pessoal de amizades) e pelo trabalho também que é possível satisfazer a necessidade de status. O indivíduo sendo reconhecido pelo seu trabalho será respeitado, terá um salário satisfatório para atender as necessidades físicas. Status nada mais é que o reconhecimento pelo valor que se tem.
É o trabalho também que possibilita a satisfação das necessidades físicas, de adquirir o alimento para sanar a fome, obter a água potável para matar a sede, ter uma casa para ter proteção e segurança.
Percebendo o trabalho como forma de atendimento as necessidades básicas e fazendo o que se gosta com certeza não será um castigo.
Como disse o Renan: Dinheiro não traz felicidade, a felicidade traz o dinheiro. Isso porque quando a pessoa está insatisfeita não mostra uma energia positiva que acaba dificultando até a encontrar um bom emprego.

TRIICE MAYUMI PERGUNTA

triice mayumi disse...

Olá, Inez, eu vi o post sobre resposta a uma dúvida e resolvi postar a minha, se achar conveniente, por favor, responda-a,tenho 14 anos, estou no ensino médio, para ser mais exata, no primeiro ano deste, tenho muito medo de escolher a faculdade errada e desistir no meio do caminho, ou ainda pior, dedicar 80% da minha vida a algo que eu simplesmente não gosto, meu pai tem a teoria de que eu tenho que escolher algo que dê dinheiro para fazer o que gosto nas horas de lazer, tentei ouvir opiniões pessoais de muita gente do que elas pensavam que eu "combinava", bom... foram só 17 opções distintas de medicina a direito, existe alguma formula mágica para escolher uma carreira? Ou pelo menos uma formula qualquer? O dinheiro recebido na carreira é realmente tão importante assim? Beijos... :*
16 de Abril de 2009 14:32


RESPONDENDO

Como você está no primeiro ano do Ensino Médio ainda há tempo para pensar o que realmente quer, se precisar busque ajuda profissional para decidir por aquilo que for melhor para você.
É bom ouvir a opinião de pessoas próximas, analisar cada uma delas para ver o que pode ser aproveitado ou não de tudo o que foi dito.
Quanto a escolher o que gosta ou o que dá dinheiro é preciso um equilíbrio porque não adianta só gostar e não ganhar como não adianta ganhar e não gostar.
De acordo com minha experiência profissional sou favorável a fazer o que gosta, o dinheiro será conseqüência.
Independente da profissão, quem quiser ingressar e se manter no mercado de trabalho terá que estudar o resto da vida para estar sempre se atualizando, conhecendo cada vez mais.
Já pensou trabalhar pelo menos 8 horas diárias, ter que estudar e não gostar do que faz?
Não existe fórmula magia para escolher a profissão, o que existe são os Programas de Orientação Vocacional que ajudam o estudante nesta fase, veja o que coloquei a respeito no post abaixo Respondendo questões.
É melhor procurar a ajuda profissional que fazer a escolha errada e só perceber depois que estiver na faculdade.
Por favor, aproveite e divulgue o blog para seus amigos.

15 de abr de 2009

RESPONDENDO A QUESTÕES

Gisela Melloso disse...

Olá Inez,è verdade mesmo o que vc disse, eles selecionam os que são aptos mesmo para carreira a sua escolha, mas sabe as vezes me pergunto... Pq alguns entram para biologia e depois mudam para Marketing?E olha que isso acontece muito, ai para onde vai o selecionar para carreira pretendida?Meu filho esta fazendo curso tecnico e queria fazer Patologia Clinica, eu conversei com ele e disse que tinha que fazer algo que gostasse também no curso tecnico e que faria a faculdade de Patologia, não sei se fiz certo, mas tive medo dele começar a patologia e depois querer mudar o curso!!!Bom não sei, acho que hj em dia fica complicado a faculdade fazer uma seleção por vocação pois a meu ver eles podem mudar o rumo no meio do caminho!!Forte abraço!!!
15 de Abril de 2009 11:22

Respondendo às colocações da nossa amiga Gisela Melloso
As faculdades selecionam os melhores, aqueles que são mais aptos para a carreira escolhida. Acontece muito o aluno entrar em um curso e depois perceber que não era bem aquilo que queria.
Um estudo feito pela pesquisadora Ivete Lehman do Instituto de Psicologia da USP mostra que 45% dos alunos que abandonam o curso superior desistem por terem escolhido a carreira errada.
A seleção feita pelas faculdades visam os mais aptos, aqueles que tem capacidade de raciocínio, mas não o fazem em relação a carreira porque não há a Orientação Vocacional antes do exame.
Na Argentina 97% dos alunos que vão para o curso superior passam pela orientação vocacional, no Brasil somente 2% desses alunos participam de Programas de Orientação Vocacional.
O jovem tem que escolher a profissão em um período bastante difícil da vida de todos nós. É a época em que ele está em busca de si mesmo, buscando saber quem ele é e que papel tem no mundo, é a época que aparecem os primeiros conflitos.
O avanço tecnológico, as constantes modificações no mercado de trabalho que exige cada vez mais dos jovens dificultam ainda mais a escolha profissional.
Neste momento a Orientação Vocacional tem um papel fundamental para o jovem, não vai dizer a ele é essa a carreira que você tem de seguir, vai interagir para que ele seja o agente ativo de sua escolha trabalhando o autoconhecimento, interesses, habilidades, valores, limitações para uma escolha consciente e adequada para o seu projeto de vida.
Um Programa de Orientação Vocacional trabalha o Autoconhecimento, Mundo do Trabalho e Mundo da Educação

AUTOCONHECIMENTO: Habilidades, Interesses, Características Pessoais, Valores Pessoais e laborais.

Mundo do Trabalho: Profissões existentes levantando as questões: O Que é a profissão? O que exige? O que oferece?

Mundo da Educação: Escolas que oferecem o curso, número de vagas, períodos dos cursos, concorrência nos vestibulares ou vestibulinho.


Muita gente diz que não faz Orientação Vocacional porque sai caro.
Levando em consideração o prejuízo emocional e financeiro que há em entrar na faculdade e depois ver que não era aquilo que queria acaba saindo muito mais caro.

O QUE AS FACULDADES ESPERAM DOS CANDIDATOS

Quando as instituições FUVEST, UNICAMP, UNESP E UFSCar divulgaram suas listas de aprovados, uma estudante que fez Orientação Vocacional comigo no início do ano foi aprovada em todos esses vestibulares.
Se pegarmos as listas dessas Universidades vamos perceber que há muitos nomes comuns a todas. Porque isso acontece?
As Faculdades procuram os alunos mais capacitados, aquele que está apto para uma está também para todas as outras.
Segundo o Profº Quirino Augusto de Camargo Carmello, pró-reitor substituto da USP o que se pretende não é conseguir os melhores alunos do Ensino Médio, mas o que têm maior potencial para ser os melhores formados.
Embora cada Universidade tenha seu critério de seleção todas tem o objetivo de selecionar os candidatos capazes para a carreira pretendida, que tenham a capacidade de relacionar informações, aquele que tem o melhor preparo.

14 de abr de 2009

MODA

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

O profissional em Moda cuida da criação, produção, divulgação e comercialização da moda.
Pesquisa as tendências da moda e o mercado consumidor mundial e nacional.
Como estilista cria figurinos, coleções, tecidos, motivos para estamparia, roupas, calçados e acessórios, definindo linhas, forma e estilos de acordo com a empresa que atua e mercado consumidor.
Seleciona materiais, padrões e estampas, participa da elaboração de moldes, no corte e costura das peças.
O Consultor de moda analisa as características físicas, personalidade, profissão do cliente e desenvolve um estilo e imagem da pessoa.
Na indústria de confecção acompanha a produção, supervisiona o trabalho de modelistas e costureiros.
Como produtor de moda organiza desfiles de lançamentos de campanhas de marketing.
Orienta a apresentação das coleções de moda para compradores e imprensa especializada.
Cuida da produção da moda para a publicidade, desfiles e organização de vitrines.
Administra a criação, produção, estoques, qualidade e custos e comercialização dos produtos.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:

Indústrias têxteis, de confecção, malharias, fiação e tecelagem, oficinas de modelagem, laboratórios têxteis, magazines, lojas de departamentos, revistas especializadas e empresas de produção artística e cultural. Indústrias de calçados, cintos, aviamentos e acessórios.

CURRÍCULO MÍNIMO DO CURSO:

Matérias Básicas: Desenho de Moda, História do Vestuário e da Moda, Sociologia da Moda, Metodologia e Pesquisa em Moda, Tecnologia Têxtil e de Confecção, Noções de Comercialização e Mercadologia, Inglês, Francês, Instrumental de Moda.

Matérias de Formação Profissional: Design Têxtil, Desenvolvimento Criativo, Pesquisa e Criação de Moda, Acessórios e Aviamentos, Promoção, Merchandising e Publicidade, Criação e Desenvolvimento de Coleções, Informática Aplicada à Moda, Comunicação Visual. Interpretação e Adequação de Tendências da Moda, Desenvolvimento Estratégico do Produto, Administração de Vendas, Administração Financeira, Administração de Produção, Economia, Marketing Têxtil e de Confecção, Comunicação de Moda, Direito e Legislação Aplicada à Moda, Organização de Eventos.

Duração do Curso: 4 anos.

12 de abr de 2009

MEDICINA E BIOMÉDICAS

Uma pergunta comum feita por candidatos ao curso de Medicina - "Posso fazer o vestibular para o Curso de Biologia - Modalidade Médica (Biomédicas) cursar um ou dois anos e depois transferir para Medicina?
A resposta é NÃO. Essa transferência não é permitida, quem quer fazer Medicina tem que prestar o vestibular para Medicina.
A única exceção é a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da USP que tem o seu Currículo já adaptado para este tipo de transferência e neste caso o aluno tem que Cursar Biomedicas até o final do curso para depois transferir para Medicina na mesma faculdade.

11 de abr de 2009

TÉCNICO EM ARTES GRÁFICAS

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

Compõe textos em tipos de imprensa, funde e crava clichês de impressão.
Opera máquinas de imprimir textos e ilustrações sobre papel, metal, tecido e outros materiais.
Revela filmes, copia e amplia fotografias e encaderna livros.
Programa, orienta, supervisiona e acompanha os processos de produção gráfica.
Elabora cronogramas e fluxogramas de trabalho estabelecendo a ordem das tarefas.
Executa o controle de qualidade das matérias-primas, dos originais, da reprodução e impressão.
Coordena e executa serviços de manutenção de equipamentos e instalações.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:

Empresas gráficas, jornalísticas, editoras de livros e revistas.

10 de abr de 2009

TECNÓLOGO EM MATERIAIS, PROCESSOS E COMPONENTES ELETRÔNICOS

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO
O Tecnólogo em desenvolve atividades de controle, qualificação e otimização dos processos de fabricação de componentes eletrônicos e dos diversos materiais utilizados.
Projeta processos e componentes eletrônicos, realiza caracterizações elétricas e físicas, analisa circuitos de apoio de forte embasamento teórico, realiza experiências em laboratórios.
Cuida do aperfeiçoamento dos processos e componentes.
Realiza a supervisão de linhas de produção, controle de qualidade das etapas do processos, dos componentes, serviços e análise dos materiais, operação de equipamentos complexos de processos, operação de equipamentos de caracterização de materiais e apoio ao estudo de confiabilidade e análise de falhas.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL
Indústrias de materiais elétricos e eletrônicos, comércio destes materiais

9 de abr de 2009

TÉCNICO ATOR

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

Representa personagens de peças teatrais e textos literários.
Observa e estuda as características da personalidade do personagem a ser interpretado, seja ele real ou fictício, a fim de transmitir ao público os pensamentos, sentimentos, emoções, particularidades físicas e detalhes de expressão, etc., do personagem.
Estuda e memoriza textos e representa-o várias vezes, observando os gestos, movimentos, e impostação de voz adequados para atingir o grau de identificação com o personagem recomendável para apresentação em público.
Faz a caracterização do personagem utilizando maquiagem e vestimentas de acordo com o local e a época em que a cena se desenrola.
Colabora na divulgação do espetáculo em programas de rádio, televisão, dando entrevistas a jornais e revistas

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:
Cinema, teatro, emissoras de rádio e tv, agências de publicidade e propaganda, circos, empresas de difusão artística e cultural e instituições de ensino.
Ganhei este selo do blogueira Caio Coletti do Blog – Selo Coração de Tinta.

http://filme-pipoca.blogspot.com/

Meu blog tem menos de cinco meses de existência, está com quase oito mil visitas e recebendo seu sexto selo.
Há 4 anos criei um outro blog, sem muitos recursos e como eu nada entendia de blogosfera não caminhou mito, pesquisei, fui xeretando até ter mais conhecimento até que cheguei neste.
Criei o blog com o objetivo de passar aos jovens em fase de escolha profissional um pouco do conhecimento que adquiri em mais de trinta de anos de trabalho. Acredito que este conhecimento não terá valor algum se guardado somente para mim mesma.
Assim sendo, o blog está ai para ajudar estudantes nas suas escolhas ocupacionais.
Meu sincero agradecimento aos leitores do blog, aos blogueiros que tem me incentivado muito a continuar este trabalho através dos comentários e dos selinhos e ao Caio por me presentear co mais um Meme.
Não é coincidência porque os livros mais próximo da minha mão são sempre livros de Educação e de Orientação Vocacional Profissional.
Um dos livros mais próximos do qual escolhi uma frase da página 161 é um livro que ganhei de uma Orientanda, Ao Mestre com Carinho – 365 Reflexões Sobre a Arte de Ensinar, a frase é “Educar não é encher o balde, mas acender o fogo.’ De Willian Butler Yeats.

REGRAS DO JOGUINHO
- Agarrar o livro mais próximo.
- Abrir na página 161.
- Procurar a quinta frase completa.
- Colocar a frase no blog.
- Repassar para outros cinco blogs.

PASSO O MEME PARA OS BLOGS ABAIXO.

http://taiscristinasworld.blogspot.com/

http://messnatural.blogspot.com/
http://jaconapacheco.blogspot.com/
http://sagadosmartins2.blogspot.com/
http://opniaoinutil.blogspot.com/

8 de abr de 2009

CIÊNCIAS ECONÔMICAS

DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES:

O Economista estuda a atividades produtiva. Sua principal preocupação refere-se aos aspectos mensuráveis da atividade produtiva, utilizando-se de conhecimentos matemáticos, estatísticos e ecconométricos.
Estuda o uso eficiente dos recursos materiais na produção de bens, considerando os fatores de produção ( matéria-prima, capital, trabalho e tecnologia), distribuição de renda, oferta e procura de mercadorias e preços.
Na empresa privada estuda a viabilidade econômica de projetos e empreendimentos levando em consideração os custos de mão-de-obra, matéria-prima, equipamentos, energia, transporte, impostos, financiamentos e potencial de lucro.
Realiza análise da política econômica e o impacto na empresa.
Estuda a implantação, organização e operação da empresa visando o planejamento administrativo e programação das atividades econômicas.
Realiza estudos para aumentar a produtividade com menores custos.
Elabora relatórios sobre os estudos e análises feitas.
Em órgãos púbicos estuda as atividades econômicas do país, extração e uso dos recursos naturais, indústria e comércio.
Planeja e elabora o orçamento geral do município, estado ou país, investimentos oficiais e políticas públicas e propõe formas de financiamentos.
Faz estudos para e análises do impacto na economia.
Participa na elaboração e análise de pesquisas sobre o desenvolvimento econômico, custo de vida, renda familiar e da intervenção do estado na política do trabalho.
Em empresas de seguro e previdência privada participa na elaboração de planos de seguros, pensões, aposentadorias, considerando custos e rentabilidade para as empresas seguradoras.
Na educação ministra aulas em faculdades e universidades, em cursos de Educação Profissional, participa de palestras, seminários e conferências.


CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:

Órgãos públicos, empresas privadas, bancos, comércio, institutos de pesquisa econômicas, empresas de assessoria e consultoria e instituições de ensino e pesquisa.

CURRÍCULO MÍNIMO DO CURSO:

Matérias Básicas: Introdução às Ciências sociais, Introdução à Economia, Matemática, Introdução a Estatística Econômica, Instituições de Direito, Contabilidade e Análise de Balanços.

Matérias de Formação Profissional: Estatística, Economia e Introdução a Econometria, Contabilidade Social, Teoria Macroeconômica, Teoria Microeconômica, Economia Internacional, Economia do Setor Público, Economia Monetária, Desenvolvimento Sócio-Econômico.

Estágio Obrigatório de no mínimo 240 horas.

Duração do Curso: 4 anos.

7 de abr de 2009

ECOLOGIA

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

O Ecólogo estuda e pesquisa a estrutura e funcionamento dos ecossistemas, as relações entre os seres vivos entre si e com o ambiente, sua distribuição geográfica e os resultados da interferência do homem no meio ambiente.
Elabora e conduz pesquisas e análises teóricas em laboratórios ou em campo procurando aplicar os resultados na solução de problemas ambientais e na formulação de políticas ambientais.
Estuda a adaptabilidade do homem aos ambientes em transformação.
Elabora relatórios de impacto ao meio ambiente apresentando parecer técnico detalhado sobre as conseqüências da implantação de obras, como usinas hidroelétrica e termoelétricas, ferrovias ou canalização de rios e empresas em determinada região e a melhor maneira de viabilizá-las sem prejudicar o meio ambiente.


CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:

Indústrias e empresas de saneamento ambiental, de pesca, recursos do mar, agropecuária ou que desenvolvem qualquer atividade que possa afetar o equilíbrio ecológico, instituições de ensino e pesquisa.

CURRÍCULO MÍNIMO DO CURSO:

Matérias Básicas: Teoria Ecológica, Biologia (com ênfase em Genética) Botânica, Zoologia, biogeografia, Geologia, Matemática, Física, Química, Educação Física.

Matérias de Formação Profissional: Climatologia, Meteorologia, Física e Química dos Solos, Biologia dos Solos, Microbiologia, Ecossistemas, Melhoramento Florestal, Conservação dos Recursos Naturais, Defesa do Meio Ambiente Natural, Poluição do Ar e da Água, Legislação, Estatística Aplicada, Melhoramento Vegetal e Equilíbrio Biológico, Economia.

Estágio: Obrigatório e supervisionado.

Duração do Curso: 4 anos.

6 de abr de 2009

DESIGN DE INTERIORES

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:
Projetam ambientes, utilizando e combinando cores, materiais, texturas e dispondo móveis e acessórios.
Estuda em detalhes a área a ser criada ou reformulada.
Faz montagem, orçamento e cronograma da obra.
Desenha elementos que vão compor esse espaço, a disposição dos móveis, escolhe os adornos e revestimentos de pisos, paredes e tetos sempre atentos ao desejo do cliente, à estética e à funcionalidade do local.
Pode projetar salas comerciais, residências ou espaços em bancos, escritórios, consultórios e lojas. móveis.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL
Escritórios ou empresas de decoração, fábricas de móveis, empresas de arquitetura, cenografia, montagem de feiras e exposições.

5 de abr de 2009

CINEMA

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

As principais atividades do Cineasta estão ligada a direção, produção e execução de obras artísticas e culturais.
Define a orientação artística que caracteriza o filme.
O Produtor Executivo organiza o espetáculo, define o material e pessoal necessário à sua realização, controla e distribui as verbas disponíveis.
O Diretor seleciona os atores e equipe técnica, dirige ensaios, filmagens, gravações ou encenações, determina as marcações para atores, orienta o trabalho e movimento da equipe técnica.
Dirige e supervisiona trabalho a montagem, dublagem, escolha da trilha sonora e edição do filme.
Como argumentista elabora a trama e o argumento.
Como roteirista faz a análise e adaptação do texto adequando-o a realização cinematográfica.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:

Empresas cinematográficas, de rádio e televisão, jornalísticas, agências de publicidade e propaganda, revistas,
Instituições científicas e de ensino, de difusão artística e cultural.


CURRÍCULO MÍNIMO DO CURSO:

Matérias Básicas: Filosofia, Sociologia (Geral e da Comunicação), Língua Portuguesa – Redação e Expressão Oral, Realidade Sócio-Econômica e Política Brasileira, Teoria da Comunicação, Comunicação Comparada, Educação Física.

Matérias de Formação Profissional: Língua Portuguesa – Redação e Expressão Oral, Argumento e Roteiro, Direção de Filme, Organização de Produção, Fotografia e Iluminação, Som do Filme, Edição cinematográfica, História do Cinema, Cinema Brasileiro, Análise do Filme, Legislação e Ética do Cinema.

Matérias Optativas: além das disciplinas acima deverão ser escolhidas. Ainda, três outras entre as seguintes: Lógica, Psicologia, Língua Estrangeira, Economia, Geografia Econômica, Realidade Sócio-Econômica e Política Regional, Teoria Geral de Sistemas, Teoria Política, Teoria e Método de pesquisa em Comunicação, Comunicação Comunitária, Planejamento em Comunicação, política de Comunicação, Sistemas Internacionais de Comunicação, Comunicação em Tecnologia Educacional, Realidade Regional em Comunicação, História da Comunicação, Cultura Brasileira, História da Arte, Antropologia cultural, História do Brasil, Estética e Cultura de Massa.

OBS: As matérias optativas são escolhidas pela escola que oferece o curso.

Duração do Curso: 4 anos.

4 de abr de 2009

DESIGN DE MULTIMÍDIA

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

Cria publicações eletrônicas, CD-ROMs, jogos, animações e outros produtos para internet exige, além de talento muita técnica.
Utiliza conhecimentos de tipografia, computação gráfica e ergonomia visual.
Cria e desenvolve websites, designe Multimídia, marketing, produção de multimídia para Televisão, comércio eletrônico e publicidade.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:

Agências de Publicidade e Propaganda, Emissoras de Televisão, Empresas de Comércio Eletrônico, Empresas de Websites.

3 de abr de 2009

TÉCNICO EM COMÉRCIO EXTERIOR

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

Executa tarefas básicas como a procura de produtos a serem exportados ou importados.
Faz o contato com órgãos ligados a comércio exterior, empresas exportadoras e importadoras.
Cuida do manuseio e organização de fichários, cadastro e arquivos, redige cartas e memorandos.
Efetua o levantamento de custos de importação, cálculo de preços para exportação.
Providencia a documentação necessária à transação comercial.
Calcula o preço dos produtos em moeda estrangeira, de frete e seguro.
Cuida da abertura de cartas de crédito, desembaraços alfandegários e detalhamento de todos os informes sobre os produtos a serem exportados.
Informa-se sobre comunicados oficiais, leis, decretos e portarias sobre taxas cambiais, situações no porto, modificações de artigos, aliquotas e tarefas da alfândega.
Faz pedidos de importação, prepara pedidos de vistoria e encaminha ao cliente o processo da mercadoria importada.
Confere documentos de importação, emissão de contrato de compra e venda, o preenchimento de ordens de pagamento para as despesas alfandegárias e atualizações de registros de controle de navios.
Executa gráficos estatísticos das transações comerciais realizadas pela empresa.

CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:

Empresas de importação e exportação, bancos, indústrias de produção de bens que dependem de produtos exportados, escritórios de prestação de serviços, aduaneiras, empresas de transportes.

2 de abr de 2009

ENGENHARIA DE MINAS

DESCRIÇÃO DA PROFISSÃO:

O Engenheiro de Minas desenvolve atividades em pesquisa, prospecção, planejamento e operação de aproveitamento dos recursos minerais.
Realiza estudos para localizar jazidas, analisa a qualidade do minério e a viabilidade técnica e econômica para a exploração.
Supervisiona as atividades de prospecção, montagem e desmontagem de equipamentos para perfuração, escavação, classificação, lavagem, concentração, secagem e embalagem.
Inspeciona a área de mineração a fim de avaliar os riscos das atividades para as escavações e perfurações.
Elabora projetos e estudos para o aproveitamento racional das reservas minerais.
Faz estimativas do potencial de produção das reservas petrolíferas, planeja e conduz a abertura de poços de petróleo e determina os métodos e equipamentos necessários à exploração.
Supervisiona a exploração de minas subterrâneas ou a céu aberto.
Define os métodos de remoção, transporte, estocagem e análise do material encontrado.
Desenvolve tecnologias de pesquisa mineral adequadas às características da reserva a ser explorada.
Cuida do tratamento e beneficiamento dos minérios para uso na indústria de transformação.


CAMPOS DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL:

Empresas e indústrias de prospecção e pesquisa mineral, projetos de mineração, empresas de construção civil, indústrias químicas, de fertilizantes, órgãos públicos na fiscalização.


CURRÍCULO MÍNIMO DO CURSO:

Matérias Básicas: Matemática, física, Química, Mecânica Geral, Processamento de Dados, Desenho, Eletricidade,Resistência dos Materiais, Mecânica dos Fluídos, Fenômenos de Transporte.

Matérias de Formação Geral: Ciências Humanas e Sociais, Economia, Administração, Ciências do Ambiente, Educação Física.

Matérias de Formação Profissional: Topografia, Geologia, Geologia Econômica, Dinâmica e Estratigrafia, Mineralogia e Petróleo, Sistemas Mecânicos, Pesquisa Mineral, Lavra de Minas, Tratamento de Minérios, Elementos de Máquinas, Geofísica.

Estágio Obrigatório.

Duração do Curso: 5 anos.

1 de abr de 2009

REDAÇÃO

É comum estudantes dizerem – eu tenho medo da redação, não sei fazer redação.
Bem Redação como todas as demais disciplinas é coisa que se aprende.
E como se aprende?
Treinando, conhecendo algumas técnicas de Redação e Gramática..
O primeiro passo é ler muito, leia bons livros, revistas, jornais, os editoriais dos jornais são ótimos exemplos de Redação.
Faça pelo menos uma Redação por semana, o ideal é fazer uma por dia.
Peça ao seu professor que de alguns temas para você desenvolver em casa, faça a Redação peça a ele para corrigir e apontar os erros assim você poderá saná-los.
Nas primeiras Redações talvez você encontre algumas dificuldades, porém, o quanto mais você treinar mais fácil irá ficar.
Treinando a Redação você passará a ter cada vez mais facilidade para escrever e claro que com isso terá maior facilidade também nas provas escritas.
Uma sugestão para encontrar temas de Redação é fazer uma visita aos sites das Universidades e Faculdades, muitas delas colocam em seus sites o último vestibular.
Alguns sites que podem ser visitados onde poderá encontrar temas de redação:

Abaixo dois temas de Redação para começar a treinar.

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA 2008

Prova de Redação

Com base no texto abaixo elabore uma dissertação, sustentando seu ponto de vista com
argumentos consistentes.

No século XXI, o que se verifica em demasia é que o mercado está cada vez mais
exigente, e tal exigência se faz necessária, para pelo menos se alcançar nele a
sobrevivência. (Marizete Furbino, in sobreadm.wordpress.com)

SENAC – 2008

REDAÇÃO
Leia os textos seguintes, para desenvolver sua redação.

TEXTO 1
Há homens que lutam um dia e são bons;
Há outros que lutam um ano e são melhores.
Há os que lutam muitos anos e são muito bons.
Mas há os que lutam toda a vida, e estes são imprescindíveis.
(Bertold Brecht)

TEXTO 2
Todos os direitos da humanidade foram conquistados pela luta; seus princípios mais importantes tiveram de enfrentar os ataques daqueles que a eles se opunham; todo e qualquer direito, seja o direito de um povo, seja o direito do indivíduo, só se afirma por uma disposição ininterrupta para a luta.
(Rudolf von Ihering, A luta pelo direito)

TEXTO 3
Mandela pede um mundo mais justo no bicentenário da aboliçãoda escravidão
O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela pediu que se lute por um mundo mais justo por ocasião, no dia 25, do bicentenário da lei britânica que aboliu o comércio de escravos.
Apesar de a escravidão ter sido abolida, é preciso trabalhar para "construir um mundo mais justo para todos. Há injustiça e desigualdade inclusive no século XXI. Se todos acreditarmos e atuarmos nesta luta pela justiça e encorajarmos outros a crer, teremos nosso ponto de mudança", afirmou Mandela, de 88 anos, que passou 27 anos preso na África do Sul.
(Texto publicado na internet, 21.03.2007. Adaptado)

TEXTO 4
Podemos começar a resolver os problemas do desequilíbrio apenas se forjarmos um novo caminho de desenvolvimento que vincule o crescimento econômico com a responsabilidade social
e ambiental. Isto significa dar a todos a possibilidade de uma vida segura, com direito a se expressar, a aprender, a um meio ambiente limpo, com iguais direitos para as mulheres, os deficientes, e direito ao desenvolvimento.
(James D. Wolfensohn, Unir forças para modelar um mundo mais justo)

Com o apoio dos quatro textos apresentados, escreva uma dissertação em prosa, na qual você deverá discutir idéias e ações de luta por um mundo mais justo.
Apresente argumentos que dêem sustentação ao ponto de vista que você adotou.
Instruções:
1. Dê um título a seu texto.
2. Não copie nem parafraseie os textos apresentados.
3. Empregue a modalidade culta escrita da língua.