14 de jan de 2009

ABANDONO DE CURSO

Atualmente a maioria das pessoas que procuram a Orientação Vocacional já está cursando o ensino superior muitos até já são pós-graduados, mas não é exatamente sobre isso que falarei agora.
Na semana passada conversando com a Assistente Social de uma famosa escola de educação profissional ele me colocou que a escola tem enfrentado o problema de desistência de um número elevado de alunos que depois de iniciar o curso viram que não era aquilo que queriam. Com a desistência dos alunos as vagas ficam ociosas não podendo ser aproveitada por outros estudantes que desejavam de fato fazer tal curso.
E qual é o problema dessas vagas ficarem ociosas?
Os problemas são muitos, além de tirar a vaga de alguém, a escola não é pública, mas é gratuita, portanto, alguém está pagando para esse aluno que querendo ou não acabou jogando a verba fora.
Quando o aluno estuda em escola pública torna-se pior ainda porque toda a sociedade está pagando, através dos impostos, para que ele estude nessa escola, sendo ela técnica ou de nível superior. Se a escola é particular os pais estão pagando o curso, acabam fazendo um investimento que de alguma forma não trará resultados.
O maior problema é a escola pública, quando o indivíduo estuda nessa escola a sociedade toda paga pela sua formação que não irá devolver o investimento feito.
É bom pensar nisto também quando for fazer a opção profissional organizando-se para fazer uma escolha criteriosa e consciente.
É mais econômico fazer uma Orientação Vocacional antes de ingressar numa faculdade ou em um curso de Educação Profissional.

6 comentários:

Oitentando disse...

Muito importante essa conscientização,pois atualmente de fato ocorre muito isso.
E é lamentavel pois tira a chance de outro que queira cursar tal vaga desperdiçada!

http://oitentando.blogspot.com/

Kaline Vieira disse...

Isso acontece muito! E inclusive já aconteceu comigo. Mas um fato que complica a decisão é a idade. Na época para escolher a profissão a pessoa ainda é muito nova, não são todos que sabem com certeza o que querem da vida, e a grande maioria acaba indo no esquema de tentativa e erro. Seria melhor passar mais tempo na escola, desenvolver melhor a visão crítica, e ter mais contato com o mundo das profissões desejadas. Só assim para esse número de desistências diminuir consideravelmente ou até acabar!

Cris disse...

Estou no terceiro ano do ensino medio e ainda não sei o que vo fazer na facu acho que esse blog vai me ajudar.

Vilma disse...

Parabéns! Tenho dois filhos em fase de preparação para o vestibular os dois em dúvida sobre o que irão fazer seu blog com certeza irá ajudá-los.

Fabiana disse...

Isso aconteceu comigo, eu fiz 2 anos de Letras na USP vi que não era o que eu queria, desisti.
Agora faço outro curso passei para o segundo ano, não é ainda o que eu quero.
Estou um tanto perdida.

Anônimo disse...

Eu estou pra desistir da minha, e ela é pública...pior q estou perdida, tenho medo de desistir e não passar em outra curso. As escolas deviam proporcionar palestras de várias profissões para ajudar na escolha.